Descubra quando sai o resultado do ENEM 2015

ENEM

Agora que a prova do Enem passou, a expectativa de milhões de estudantes é outra: saber quando sai o resultado! Toda esta ansiedade não é à toa, pois a nota do Enem pode significar a porta de entrada para a tão sonhada faculdade!

Além de entrar na universidade sem precisar fazer vestibular, quem atinge uma boa pontuação no exame pode conseguir uma bolsa em faculdade particular pelo ProUni ou um financiamento estudantil a juros baixos usando o FIES.

Se você está ansioso para saber sua nota, descubra quando o resultado do Enem 2015 será divulgado e como acessar esta informação. Veja também tudo o que você poderá fazer com a sua nota do Exame!

Quando sai o resultado do Enem 2015?

A previsão do MEC é que todos os candidatos possam acessar suas notas finais na primeira semana de janeiro de 2016. Assim que sair o resultado você ficará sabendo aqui!

 

Porque o resultado do Enem demora tanto?

O procedimento de correção das provas do Enem é demorado. São milhões de redações corrigidas manualmente, uma a uma, por pelo menos dois professores diferentes.

Calcular a pontuação das provas objetivas também exige um certo tempo. Primeiramente é realizada a leitura dos cartões-resposta para criar uma base de dados. Estes dados são encaminhados para uma equipe de especialistas, que fará análises com base na Teoria de Resposta ao Item (TRI), um cálculo complexo que considera fatores como o nível de dificuldade das questões, o padrão de resposta do participante e sua coerência de acertos.

Devido à complexidade dos cálculos envolvidos, o Inep (entidade ligada ao MEC que organiza o Enem) exige que a base de dados seja analisada independentemente por três equipes diferentes de especialistas. Cada equipe apresenta o resultado da análise e a nota dos participantes é comparada. Somente quando se chega a 100% de concordância nas notas de todos os candidatos é que o resultado final é divulgado.

 

Como consultar o resultado do Enem

O resultado do Enem é divulgado apenas pela internet, no Portal do Participante. http://enem.inep.gov.br/participante/

A divulgação não acontece como naqueles vestibulares tradicionais, em que podemos conferir um listão com os nomes de todos os classificados. As notas do Enem são informadas apenas aos participantes, de forma individual.

Quando os resultados forem liberados, você deve acessar o site do Enem e entrar com seus dados para ver o boletim de desempenho individual.

Este boletim mostrará sua nota final e o desempenho em cada uma das provas. Além disso, você poderá ver também uma imagem da sua redação corrigida.

 

O que fazer quando sair o resultado de Enem

Assim que os resultados do Enem são divulgados, começa a corrida por uma vaga na universidade.

A nota do Enem facilita o acesso ao ensino superior de diferentes formas:

1. Sisu: vagas em universidades públicas

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) oferece vagas em universidades públicas e classifica os candidatos usando apenas a nota do Enem, sem a necessidade de fazer vestibular.

Em muitas instituições, como a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o vestibular tradicional não existe mais: 100% das vagas são preenchidas pelo Sisu.

Em outras, o sistema é utilizado para preencher apenas uma parte das vagas. É o caso da Universidade de São Paulo (USP), que abriu algumas vagas para o Sisu, mas manteve seu vestibular para a maioria dos cursos, inclusive Medicina.

O Sisu acontece duas vezes ao ano, geralmente em janeiro e junho. As inscrições são gratuitas e são realizadas apenas pela internet. Não há limite de renda para participar.

 

2. ProUni: bolsas de estudos em universidades privadas

Quem não conseguiu vaga em uma universidade pública e não tem condições de pagar as mensalidades de um curso de graduação, pode se candidatar a bolsas de estudo através do Programa Universidade Para Todos, o ProUni.

As inscrições para o ProUni também acontecem duas vezes ao ano (geralmente em janeiro e junho) e são realizadas somente pela internet. O aluno acessa o site do programa e escolhe o curso, turno, faculdade e cidade em que deseja estudar.

O ProUni concede bolsas de estudo integrais (100%) e parciais (50%). Para participar, o candidato não pode ter diploma de nível superior e deve se encaixar em alguns requisitos de escolaridade e renda. Além disso, é obrigatório ter atingido pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e não ter zerado na redação do Enem.

 

3. FIES: financiamento estudantil a juros baixos

Para quem não entrou no ProUni e precisa de uma força para pagar a mensalidade da faculdade, uma alternativa é tentar um financiamento estudantil. O FIES é um programa do Governo Federal destinado a apoiar financeiramente estes alunos.

Um dos critérios de seleção do FIES é a nota do Enem, que deve ser de no mínimo 450 pontos nas provas objetivas e maior que zero na redação.

 

4. Entrar em uma universidade particular sem prestar vestibular

Muitas universidades particulares oferecem a possibilidade de ingresso direto, utilizando apenas a nota do Enem, sem precisar fazer outro processo seletivo.

Conheça algumas:

-Universidade Estácio de Sá (UNESA)
-Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)
-Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
-Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

O número de vagas e as regras para esta forma de ingresso variam bastante de uma universidade para a outra. Para mais detalhes, consulte o edital do processo seletivo da instituição desejada.

 

Veja aqui o gabarito oficial do Enem 2015

 

Está ansioso pela divulgação dos resultados finais? Já sabe o que pretende fazer com sua nota do Enem? Conte para a gente aqui nos comentários!