Descubra quantos pontos você precisa ter tirado no Enem para obter o FIES

enemfies

Ter uma boa nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está cada vez mais importante. O desempenho no Enem é usado para conseguir bolsas de estudo em faculdades particulares pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), para entrar na faculdade sem precisar fazer o vestibular pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para conseguir vagas em cursos técnicos gratuitos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) e agora também para conseguir o benefício do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES).

Confira a nota que você precisa tirar no Enem para conseguir o FIES!

O FIES agora exige nota mínima no Enem

Até 2014, quem quisesse obter um financiamento do FIES para pagar a faculdade particular precisava apenas ter feito o Enem (para quem concluiu o Ensino Médio em 2010 ou depois disso). A partir de 2015, a regra do FIES mudoue exige também uma pontuação mínima no Enem para poder participar do programa. Quem quiser se inscrever no FIES, além de cumprir os demais requisitos do programa, precisará:

-ter pelo menos 450 pontos na média das provas do Enem

-nota maior do que zero na redação

A regra vale para quem se formou no ensino médio a partir de 2010. Professores efetivos da rede pública que se inscrevem no FIES para pagar cursos de licenciatura, pedagogia ou normal superior estão dispensados de apresentar o desempenho mínimo no Enem.

As regras do FIES

Se você está interessado em pedir um financiamento do FIES, fique atento aos requisitos de participação:

-Renda familiar bruta mensal de até 20 salários mínimos.

-Ter pelo menos 20% de comprometimento da renda familiar bruta mensal com a mensalidade da faculdade.

-Usar o FIES para pagar curso superior presencial em faculdade participante do programa.

-Ter feito o Enem, com pelo menos 450 pontos na média das provas e não ter zerado na redação (para candidatos que concluíram o ensino médio a partir de 2010).

Como o FIES funciona

O FIES é um financiamento estudantil com juros bem mais baixos do que os praticados no mercado: 3,4% ao ano. Funciona assim:

-O estudante que cumprir os requisitos para participar do programa deve fazer a inscrição na página oficial do programa: sisfiesportal.mec.gov.br.

-Assim que confirmar a inscrição, o estudante tem um prazo para comprovar a documentação na faculdade e depois assinar o contrato em um dos bancos autorizados (Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal).

-O FIES paga as mensalidades diretamente para a faculdade e enquanto estiver estudando o aluno só paga os juros do financiamento, em parcelas de no máximo R$ 50,00 a cada três meses.

-Quando se forma, o aluno ainda tem um ano e meio para começar a pagar a dívida do FIES. Enquanto isso, pode se organizar financeiramente e continua a pagar somente as parcelas trimestrais referentes aos juros.

-Um ano e meio depois de formado, o beneficiado do FIES começa a pagar a dívida, que pode ser parcelada em até três vezes a duração do curso financiado, mais um ano. Ou seja, se financiou o curso de 4 anos, o estudante terá 13 anos para terminar de pagar a dívida do FIES!

O FIES pode financiar 50%, 75% ou 100% da mensalidadeda faculdade particular. O valor a ser financiado depende da renda do estudante e do comprometimento dessa renda com a mensalidade. Quanto menor for a renda e maior for a quantia consumida pela mensalidade no orçamento familiar, maiores as chances de conseguir financiar 100% da faculdade.

Quando pedir o FIES

De acordo com as regras do FIES, para pedir o financiamento o estudante já precisa ter sido aprovado na faculdade particular. Ou seja, se você ainda está no Ensino Médio, precisa esperar até entrar na faculdade para pedir o FIES. Cumprindo os requisitos do programa, o estudante de faculdade particular pode fazer a inscrição para o FIES durante o ano todo.

Mas é bom ficar atento a alguns prazos: para conseguir o financiamento no primeiro semestre, é preciso fazer a inscrição entre 1º de janeiro e 30 de junho e para o segundo semestre o período é de 1º de julho a 31 de dezembro. O FIES só começa a valer para as mensalidades daquele semestre. Por isso, quanto antes você pedir o financiamento, melhor!

ProUni e FIES

Estudantes que têm bolsa parcial do ProUni podem conseguir um financiamento do FIES para pagar a outra metade da faculdade. Para isso, a faculdade onde o estudante tem a bolsa precisa ser participante do FIES e o financiamento deve ser pedido para o mesmo curso no qual o bolsista do ProUni é beneficiado.

Faculdades que participam do FIES

Muitas faculdades particulares participam do FIES em todos os estados brasileiros. Somente no município de São Paulo, por exemplo, existem mais de cem universidades cadastradas no FIES.

Para descobrir se a sua faculdade participa do FIES, faça o seguinte:

-Visite a página do programa na internet (sisfies.mec.gov.br) e, no menu lateral da esquerda, clique na opção “Consulta de cursos e instituições”.

-O sistema abre uma página para você selecionar o Estado, o Município, a Instituição e o Local de Oferta (ou campus). Faça isso e clique em “Pesquisar”.

-Aparece uma lista com todos os cursos participantes do FIES para as opções que você selecionou.  

Você está pensando em pedir o FIES para pagar a faculdade? Conte para a gente nos comentários!