Desembargadores negam pedido para transferir júri de Flordelis para o Rio

Os desembargadores da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio negaram pedido feito pela ex-deputada Flordelis dos Santos de Souza para transferir seu julgamento de Niterói para o Rio de Janeiro. A decisão é do início da tarde desta terça-feira -feira. O júri está marcado para acontecer no dia 6 de junho, no Tribunal do Júri de Niterói.

No último dia 19, o relator do processo na Câmara Criminal, desembargador Celso Ferreira Filho, já tinha negado liminarmente o pedido de mudança no local de julgamento de Flordelis.

O pedido da defesa da ex-deputada federal foi feito no último dia 3 após alegação de que a juíza do caso, Nearis dos Santos Carvalho Arce, titular da 3ª Vara Criminal de Niterói, tinha falado com os jurados que devem atuar no processo sobre o julgamento de Flordelis. Eles alegaram que ao comentar sobre o caso em uma reunião, a magistrado tinha comprometido a parcialidade dos jurados. Além disso, afirmaram que na cidade de Niterói Flordelis já estaria condenada.

Os argumentos da defesa da ex-deputada foram rejeitados por unanimidade pelos desembargadores da 2a Câmara criminal. Além de Celso Ferreira Filho, votaram os desembargadores Katia Jangutta e Rosa Helena Guida.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos