Desemprego recua, mas ainda atinge 12,4 milhões de brasileiros

·1 min de leitura
Mesmo que lentamente, desemprego vem diminuindo no Brasil
Mesmo que lentamente, desemprego vem diminuindo no Brasil
  • Desemprego apresentou o melhor número desde o trimestre de janeiro de 2020

  • Rendimento real, porém, caiu 4,5%

  • Nível da população ocupada chegou a 95 milhões de pessoas

A taxa de desemprego no Brasil recuou para 11,6% no trimestre encerrado em novembro. A falta de trabalho, porém, ainda atinge 12,4 milhões de brasileiros, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística nesta sexta-feira. No trimestre encerrado em outubro, a taxa estava em 12,1%, atingindo quase 13 milhões de pessoas.

O trimestre encerrado em novembro registrou a menor taxa de desemprego desde o trimestre encerrado em janeiro de 2020, quando o número ficou em 11,4%.

Rendimento caiu

Apesar disso, o rendimento real (acima da inflação) caiu 4,5% em comparação ao trimestre anterior. Algo em torno de 2.444 – o menor rendimento da série histórica iniciada em 2012.

Essa compilação de dados faz parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua.

População ocupada

A população ocupada cresceu 3,5%, comparando aos três meses anteriores, para 94,9 milhões de pessoas. Na comparação com o mesmo trimestre de 2020, a alta foi de 9,7%. Assim, o nível de ocupação chegou a 55,1%.

Do outro lado, a população desocupada diminuiu 10,6% (menos 1,5 milhão de pessoas) frente ao trimestre terminado em agosto - 12,4 milhões de pessoas. Comparando com o mesmo trimestre de 2020, são 2,1 milhões de desocupados a menos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos