Desfiles LGBT na África do Sul e Taiwan

O desfile pride voltou a Joanesburgo, depois de dois anos em que não se realizou, devido à pandemia. A marcha LGBT contou com centenas de pessoas, apesar do aviso da embaixada norte-americana sobre possíveis atentados terroristas na África do Sul este fim de semana.

Também em Taiwan se realizou um desfile semelhante, com a presença de dezenas de milhares de pessoas. Foi o primeiro evento do género organizado desde que o território reabriu as fronteiras e acontece numa altura em que as ameaças por parte da China sobem de tom. Pequim mantém uma política repressiva contra a comunidade LGBT.