Deslizamento interdita BR-376, entre PR e SC

CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - Um novo desmoronamento de terra levou a Polícia Rodoviária Federal a interditar totalmente a BR-376, principal ligação entre o Paraná e Santa Catarina, na noite desta quinta-feira (19).

Houve deslizamento de terra e vegetação no local, onde chove bastante. Até o momento, não há registro de veículos envolvidos. Não há previsão de liberação das pistas.

Segundo a PRF, todos os veículos estão sendo orientados a retornarem a partir do posto da polícia em Tijucas do Sul (sentido Santa Catarina), e na praça de pedágio de Garuva (sentido Curitiba).

"Quando as condições de segurança forem atendidas, a concessionária comunicará a PRF. A Polícia Rodoviária Federal coordenará uma operação para o restabelecimento da normalidade do fluxo de veículos", diz a PRF, em nota.

Segundo a corporação, a interdição é devido às fortes e constantes chuvas ocorridas nos últimos dias. Na última semana, foram 150 mm de água. Nas últimas 24h, foram 50 mm de chuva.

O bloqueio total é no km 669, em Guaratuba, litoral do Paraná, muito próximo de onde aconteceu um grande desmoronamento de terra, em novembro, que arrastou nove carros e matou duas pessoas.

Desde então, obras no trecho dificultam o trajeto e causam filas quilométricas, o que levou a polícia a restringir a circulação de veículos de carga em alguns dias e horários.

A outra principal ligação entre Paraná e Santa Catarina, a BR-277, também apresenta constantes pontos de lentidão e interdição ligados a deslizamentos de terra.

As fortes chuvas também causaram interdições em Santa Catarina, onde uma cratera se abriu na BR-470, em Indaial, nesta terça-feira (18).

Na cidade catarinense de Rodeio, a tempestade fez um morro desabar sobre casas, deixando dois homens e uma menina de quatro anos mortos.

Um bebê de um ano e um homem de 50 anos continuam desaparecidos na cidade. As buscas são feitas com o auxílio de helicóptero e cães farejadores.

Segundo a Defesa Civil, há alertas de novas tempestades, com chuva intensa, rajadas de vento e risco de granizo para esta sexta-feira na região.