Desmoronamento em gruta no interior de SP deixa ao menos 7 mortos

·2 min de leitura

ALTINÓPOLIS, SP, E RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O desabamento de uma gruta na madrugada deste domingo (31) em Altinópolis, no interior de São Paulo, soterrou ao menos 10 pessoas que participavam de um treinamento como bombeiros civis. Até o momento, o Corpo de Bombeiros confirmou que ao menos sete pessoas morreram e que duas seguem desaparecidas —uma foi resgatada com vida.

De acordo com a corporação, havia um grupo de 28 pessoas no local no momento do desabamento. O acidente ocorreu na gruta Duas Bocas.

Ainda segundo a corporação, a pessoa que foi retirada do local estava com fraturas e hipotermia. As outras 18 pessoas que estavam no grupo inicial não sofreram acidente. Para ajudar no resgate foram mobilizados 20 viaturas e 75 bombeiros. Familiares das vítimas estão no local.

A Real Life Treinamentos, empresa responsável pelo exercício que era conduzido na gruta, informou que uma das mortas é Débora Silva Ferreira, 24. Ainda não há detalhes sobre as outras vítimas.

A corporação havia informado anteriormente um total de 12 feridos e três socorridos, mas alterou o balanço às 14h.

Tainá Abreu, proprietária da Real Life Treinamentos, diz que estava ocorrendo na gruta exatamente um exercício para resgate de vítimas em áreas remotas. Segundo ela, não era a primeira vez que práticas eram realizadas no local.

A Prefeitura de Altinópolis informou que cinco pessoas foram levadas para o Hospital de Misericórdia. Todas já tiveram alta.

O 9º Grupamento de Bombeiros de Ribeirão Preto declarou, também em sua rede social, que "uma vítima soterrada na zona quente" foi retirada.

"Local bem colapsado e de muito risco. Necessário utilização de várias escoaras para execução de trabalho seguro", informou o grupamento.

A Secretaria de Segurança Pública afirmou que uma força-tarefa foi montada para atuar no resgate.

"Um grupo de especialistas em resgate, acompanhado por técnicos da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil e um geólogo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), decolou em um King Air da PM às 11h30 do aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, rumo ao município para reforçar o trabalho", afirmou a pasta, em nota.

O governador João Doria (PSDB) afirmou numa rede social que acompanha o resgate.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos