Interpol apreende mais de 55 toneladas de drogas na América Latina e África

Paris, 24 mar (EFE).- Uma operação policial contra o tráfico de drogas confiscou 55 toneladas de narcóticos na América Latina e na África Ocidental, anunciou nesta sexta-feira a Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol).

Durante a operação, batizada de "LIONFISH III" e realizada entre os dias 6 e 15 de março, 5.000 policiais procedentes de 13 países, entre eles o Brasil, confiscaram 25 toneladas de cocaína, avaliadas em US$ 950 milhões, e 27 toneladas de cannabis e heroína.

Além disso, 20 laboratórios clandestinos foram desmantelados e foram confiscadas três toneladas de precursores químicos "desviados de seu uso legítimo", segundo afirmou a Interpol em comunicado.

A operação mostra a "escala massiva" das atividades delitivas na América Latina e na África Ocidental por parte dos grupos organizados "para enviar drogas à Europa", declarou o secretário-geral do organismo policial, Jürgen Stock.

Além do Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Panamá, Peru e República Dominicana foram alguns dos países participantes da operação, que foi coordenada pela sede de Interpol em Lyon (França), com o apoio de seus escritórios regionais na Argentina e na Costa do Marfim. EFE