"Devolvam ele para mim": mãe implora por volta de filho de 2 anos encontrado sozinho no México

·1 minuto de leitura

TEGUCIGALPA (Reuters) - Lorena Garcia, uma jovem mulher de um vilarejo rural na região oeste de Honduras, admitiu que seu filho de 2 anos não conseguiu realizar o sonho americano. Agora, ela só o quer de volta em casa.

O menino Wilder chamou a atenção da mídia internacional quando foi encontrado sozinho em uma estrada no início da semana no Estado mexicano de Veracruz, seminu e chorando, perto de um caminhão que transportava imigrantes em condições deploráveis.

O menino estava com o pai, o marido de Garcia, Noel Ladino, em uma tentativa de imigrar para os Estados Unidos. Mas isso deu errado em circunstâncias que até agora não foram detalhadas.

Em entrevista à Reuters, Garcia, de 23 anos, disse que está desesperada para rever a criança, que segue sob os cuidados das autoridades mexicanas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos