DF retoma festa da virada dois anos após restrições da pandemia

Logo Agência Brasil
Logo Agência Brasil

O governo do Distrito Federal voltou a promover a tradicional festa de réveillon na capital federal. O evento ficou suspenso por dois anos em função da pandemia de covid-19.

A população local e os turistas que estiverem na cidade vão acompanhar a virada de ano com 50 artistas locais, que vão animar os palcos da festa nos dias 30 e 31 de dezembro.

Notícias relacionadas:

A cantora Vanessa da Mata será a principal atração da noite da virada e se apresentará no Eixo Cultural Ibero-Americano, espaço da antiga Funarte.

Na Prainha do Lago Paranoá, a festa ficará por conta do Fundo de Quintal e o cortejo afro do Ilê Ayê. As cidades de Ceilândia, Gama e Sobradinho vão receber o cantor Frank Aguiar e as bandas Nação Zumbi e Biquíni Cavadão, respectivamente. Todos os locais terão queima de fogos.

Amanhã (30), os cantores Geraldo Azevedo e Chico César se apresentam, às 22h, no palco do Eixo Cultural.

Confira aqui a programação completa.

Transporte

O transporte público terá horários especiais para atender quem pretende acompanhar os shows. De acordo com a Secretaria de Transporte e Mobilidade do DF, haverá reforço nas linhas de ônibus no horário de encerramento dos eventos.

No sábado (31), o Metrô vai funcionar das 5h30 às 2h da madrugada.