Dia do Aposentado, celebrado em 24 de janeiro, é marcado com atos pela Previdência

Camilla Pontes
1 / 2

Ato_Dia Nacional do aposentado.jpg

O ato ocorreu em frente ao Ministério da Saúde e ao INSS, no Centro do Rio

O Dia do Aposentado é celebrado no dia 24 de janeiro. Aproveitando a data, servidores ativos e inativos fizeram atos em todo o país em defesa da Previdência. No Rio, diversos sindicatos e entidades representantes dos trabalhadores — públicos e privados — se reuníram na frente da sede do Ministério da Saúde e em uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), ambas no Centro do Rio.

Ostras reinvindicações são a reforma da Previdência, que prejudicou o trabalhador, segundo os representantes, as más condições de trabalho dos servidores da Saúde, a falta de diálogo com o governo federal para negociar as demandas e, ainda, o posicionamento contrário à contratação de militares para atender o público nas agências do INSS.

Os manifestantes entregaram um pedido de reunião com os órgãos, solicitando uma reunião para debater a situação da Saúde federal, a necessidade de realização de concurso público e a questão do ponto biométrio, que não está funcionando corretamente em todos os hospitais.

— Se hoje temos emergência de hospitais fechado, não é culpa do trabalhador, é da má gestão do governo, que não dialoga. Estamos tentando abrir diálogo para não ter confronto, não ter greve, mas o governo precisa colaborar e abrir a pauta para debate — comentou Sidney Castro, um dos diretores do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho e Previdência Social (Sindsprev/RJ). A greve geral do funcionalismo está marcada para ocorrer em março.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263)