Diamante bate recorde mundial de venda em leilão de pedra preciosa

(Março) O diamante é exibido na Sotheby's de Hong Kong

O diamante rosa "Pink Star" bateu o recorde mundial de venda em um leilão de pedra preciosa, depois de alcançar, nesta terça-feira, 71,2 milhões de dólares em Hong Kong .

O diamante de 59,60 quilates é a maior gema de sua categoria classificada pelo Instituto Gemológico da América (GIA).

"A Sotheby's Hong Kong está muito orgulhosa de ter batido este recorde", afirmou à AFP a presidente para a Ásia da casa de leilões, Patti Wong, ao destacar que este é um novo recorde mundial para este tipo de joia.

David Bennet, presidente mundial do setor de joalheria internacional da Sotheby's, que dirigiu o leilão, destacou uma "venda histórica".

O leilão começou com o preço de 56 milhões de dólares. A venda durou cinco minutos, até que um comprador apresentou a oferta vencedora por telefone, o que provocou aplausos.

O "Pink Star" é um oval brilhante extraído de um diamante em estado bruto de 132,5 quilates, encontrado pelo grupo especializado De Beers na África em 1999. Mede 2,69 x 2,06 cm e pesa 11,92 gramas. De acordo com a Sotheby's foi "talhado com grande cuidado: foram necessários quase dois anos para revelar este magnífico diamante".

A gema já havia sido vendida pela Sotheby's em 2013 em Genebra por 83 milhões de dólares, mas o comprador, o nova-iorquino Isaac Wolf, não concretizou o negócio.

O recorde anterior para uma pedra preciosa vendida em leilão pertencia ao "Oppenheimer Blue", um diamante azul de 14,62 quilates, leiloado em maio de 2016 em Genebra pela Christie's por 57,5 milhões de dólares.