Diante do Palmeiras, Atlético-MG perde primeira decisão por pênaltis desde 2020

Rubens perdeu o pênalti que resultou na eliminação do Atlético-MG (FOTO: NELSON ALMEIDA / AFP)


O sonho do bicampeonato da Libertadores acabou para o Atlético-MG. Na noite desta quarta-feira, após novo empate no tempo normal, o time alvinegro foi eliminado nos pênaltis, diante do Palmeiras, no Allianz Parque.

Aliás, essa foi a primeira vez que o Galo saiu derrotado em uma decisão por penalidades desde a temporada 2020. Na oportunidade, o time mineiro amargou o revés contra o Afogados de Ingazeira-PE, pela segunda fase da Copa do Brasil

Após essa eliminação, o Atlético-MG venceu as duas decisões subsequentes. Contra o Boca Juniors, da Argentina, pela Libertadores de 2021, e diante do Flamengo, pela Supercopa do Brasil, nesta temporada.

Com a eliminação, agora, o Atlético briga apenas pelo Campeonato Brasileiro, até o fim do ano. Além disso, com a queda, o Galo deixa de conquistar uma premiação financeira importante, na casa dos R$ 10,2 milhões.