Diferentemente do Flamengo, Fluminense não pretende voltar aos treinos na próxima semana

Diogo Dantas
Mário Bittencourt detona Jorge Jesus

O Fluminense, primeiro clube do Rio a decidir não voltar aos treinos no campo depois do fim das férias dos atletas, não pretende retomar as atividades depois do aval da CBF e da Federação de Futebol do Rio, que condicionam a decisão aos clubes caso elas não desrespeitem as orientações das autoridades estaduais.

Diferentemente do Flamengo, o Tricolor entende que deve manter o planejamento que começou na sexta-feira, primeiro dia após as férias, com uma atividade monitorada virtualmente, em que atletas mantém o condicionamento em suas casas.

A comissão técnica das Laranjeiras acredita que voltar em um momento de crescimento nos casos de coronavírus no Rio e no Brasil não é adequado, pois uma contaminação entre funcionários ou até jogadores pode comprometer o trabalho. Por isso, a palavra de ordem é cautela.

“Serão treinos localizados, nem todos têm essa condição, seja com material ou espaço físico. Tem que ser treinos adaptados, com exercícios funcionais, que usa o peso do corpo como carga. Vamos encaminhar também treinamento com bola com auxílio de uma pessoa, profissional amigo ou parente, filho, esposa”, explicou o preparador físico Marcos Seixas na semana passada, em entrevista.