“Diga aos meus filhos que eu os amo”: Bisavô faz ligação angustiante da Grenfell Tower às 03:00

Um bisavô, ainda desaparecido após o incêndio da Grenfell Tower, fez uma ligação para um parente às 03:00, dizendo: “Diga aos meus filhos que eu os amo”.

Tony Disson, de 66 anos, ficou preso no banheiro de um apartamento no 22º andar do bloco – e ligou para amigos dizendo queº andar. Então, ele ligou para amigos e disse que não conseguiria escapar.

Seu último contato foi com um familiar, às 03:00, de dentro do prédio.

Sua esposa, Cordelia, e seus três filhos foram incapazes de encontrá-lo.

O número de mortes confirmadas no incêndio da Grenfell Tower subiu para 30, mas deverá aumentar significativamente, disse a polícia.

Um dos seus filhos, que não quis seu nome nessa matéria, disse ao Daily Mirror: “As pessoas ligaram para o meu pai e disseram para ele colocar um cobertor na cabeça e sair. Ele disse que não podia fazer isso, pois estava no banheiro e o chão estava muito quente”.

Um menino carregava sua mãe deficiente pelas escadas abaixo (Getty imagens)

“Então, um amigo ligou às 04:00 e a última coisa que ele disse foi: ‘Diga aos meus filhos que eu os amo’. Ninguém conseguiu entrar em contato com ele depois disso”.

A chama mortal (Rex)

“Eu ouvi falar que ele não havia sobrevivido, mas não perdi completamente as esperanças. Deixei meus dados no clube de rugby, que está sendo usado como um centro de emergências, em caso de terem notícias dele por lá”.

Rob Waugh

Yahoo News UK