Dilma rebate declaração de Temer sobre impeachment: 'História não perdoa a traição'

Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) rebateu, nesta sexta-feira, uma afirmação feita pelo também ex-presidente Michel Temer (MDB) sobre o processo de Impeachment sofrido por ela em 2016. Em entrevista ao UOL, Temer afirmou que não houve golpe que a petista foi retirada do cargo por questões políticas, referentes ao relacionamento dela com o Congresso Nacional, e frisou que a considera "honestíssima". Diante da repercussão, Dilma postou uma resposta ao seu antigo vice: "a História não perdoa a prática da traição".

"O senhor Michel Temer não engana mais ninguém. O que se conhece dele é mais que suficiente para evitá-lo, razão pela qual não pretendo mais debater com este senhor", complementou a ex-presidente na nota divulgadas nas redes sociais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos