Dina Powell não é mais candidata para vaga de embaixadora dos EUA na ONU

Dina Powell chega para reunião na Casa Branca 17/3/2017 REUTERS/Jim Bourg

WASHINGTON (Reuters) - A executiva Dina Powell, do Goldman Sachs, não está mais sendo considerada pelo presidente Donald Trump para a vaga de embaixadora dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas, disse nesta quinta-feira uma fonte familiarizada com o assunto.

Powell afirmou a Trump por telefone que estava honrada em ser considerada, mas planeja ficar no Goldman Sachs, disse a fonte à Reuters.

Trump estava conversando com Powell sobre o cargo desde que a atual embaixadora, Nikki Haley, anunciou nesta semana seus planos de renunciar. Powell trabalhou na Casa Branca de Trump anteriormente como vice-conselheira de segurança nacional.

    Trump disse na quarta-feira que possuía diversos candidatos para o cargo para suceder Haley na representação dos EUA na ONU. Haley anunciou sua renúncia na terça-feira.

    (Reportagem de Steve Holland)