Diniz despista e não garante time todo reserva contra o Binacional

LANCE!
·1 minuto de leitura


Na próxima terça, às 21h30, o São Paulo se despede da Copa Libertadores ao enfrentar o Binacional, do Peru, no Morumbi. Já eliminado do torneio continental e diante de um adversário também sem grandes pretensões, o Tricolor cogita entrar em campo com um time alternativo.

TABELA
>Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro
>Veja como estão os grupos da Copa Libertadores

O técnico Fernando Diniz despistou ao ser questionado sobre o tema, afirmou que ainda não tomou a decisão sobre o que fazer no meio da semana, mas admitiu que a opção de dar rotatividade ao elenco e colocar os jogadores do campo para o jogo não está descartada.

- Todas as competições são todas importantes. A Copa do Brasil seria uma conquista inédita e, por isso, ela tem um peso diferente. Independente do time que colocarmos na terça-feira, ainda não definimos se vai jogar todo mundo ou se vai jogar metade do time ou se vamos trocar todos, será a melhor equipe para fazermos uma grande apresentação diante do Binacional - afirmou o treinador do São Paulo na noite do último sábado.

Eliminado da fase de grupos da Copa Libertadores com uma rodada de antecedência, o São Paulo ainda decide a vaga para a Copa Sul-Americana. Se perder para a equipe peruana, o Tricolor terminará sua participação com a pior campanha no Grupo D e, portanto, também dará adeus à oportunidade de disputar outro torneio continental nesta temporada.

No treino desta segunda, o técnico Fernando Diniz e sua comissão técnica tomará a decisão. Importante ressaltar que o Tricolor fez dez jogos nos últimos 31 dias - todos com praticamente a mesma base do time titular.