Diniz supera Cristóvão e se torna segundo técnico com mais goleadas pelo Fluminense nos últimos 10 anos; veja lista

O Fluminense viveu uma dose forte de "Dinizismo" na goleada tricolor por 5 a 3 sobre o Atlético-MG, nesta quarta-feira, no Maracanã, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mas não foi só isso, pelo menos para o treinador. Com mais um placar elástico, Fernando Diniz agora se isolou como o segundo técnico que mais vezes fez o tricolor golear nos últimos 10 anos.

Ao todo, somando as duas passagens em 2019 e 2021, são sete goleadas que Diniz aplicou no total, iniciando nos 4 a 0 sobre o Americano, pelo Campeonato Carioca de 2019, e completados no 5 a 3 sobre o Atlético-MG, pelo Brasileiro de 2022. Assim ele supera Cristóvão Borges, que detém seis placares elásticos na sua passagem pelo clube entre 2014 e 2015.

O líder desta contagem é Abel Braga, obviamente. Nas três passagens que teve pelo tricolor nos últimos 10 anos, soma 10 goleadas. A última delas, inclusive, veio neste ano com o 4 a 0 sobre o Resende, pelo Campeonato Carioca. Caso não retorne ao clube em 2023, Abel deixará a liderança nas mãos de Diniz quando o ano virar — afinal, a contagem será de 2023 e 2013.

A lista é completa com Odair Hellmann, com quatro goleadas em 2020, Roger Machado, com duas em 2021, e Marcelo Oliveira (2018), Eduardo Baptista (2015) e Renato Gaúcho (2014), com uma cada. Com a goleada sobre o Atlético-MG, o Fluminense sobe na tabela e vai para sétimo lugar, com 14 pontos. Agora, o tricolor jogará novamente em casa. No sábado, recebe o Atlético-GO às 19h, pela 11ª rodada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos