Dino determina que aumentos dos combustíveis sejam imediatamente verificados

Posto de combustíveis no Rio de Janeiro

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Justiça, Flávio Dino, afirmou nesta segunda-feira que determinou, como medida imediata, que o secretário Nacional do Consumidor, Wadih Damous, confira a situação do aumento do preço de combustíveis neste início de ano.

"Já orientei o secretário Wadih a verificar imediatamente a situação dos aumentos irrazoáveis, imoderados dos combustíveis ocorridos hoje, uma vez que não há nenhuma razão objetiva a tanto", disse Dino em discurso durante cerimônia de transmissão de cargo.

Uma desoneração promovida pelo governo anterior, do presidente Jair Bolsonaro, sobre os combustíveis deixou de vigorar na virada do ano, mas logo depois de tomar posse, no domingo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou medida provisória que prorroga a desoneração.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)