Dino promete solucionar caso Marielle ao assumir Ministério da Justiça

Flávio Dino assumiu ministério e prometeu resolver caso Marielle (MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)
Flávio Dino assumiu ministério e prometeu resolver caso Marielle (MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)
  • Novo ministro da Justiça, Flávio Dino foi empossado nesta segunda-feira (2)

  • Ele prometeu solucionar o caso do assassinato da vereadora Marielle Franco

  • Dino também pediu o fim da cultura das armas de fogo e elogiou o STF

Empossado nesta segunda-feira (2) como novo ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino fez um discurso em que prometeu solucionar o caso de Marielle Franco.

"Saúdo Marielle e a sua família aqui presente. Eu disse à ministra Anielle [Franco, irmã de Marielle] e à sua mãe que é uma questão de honra do Estado brasileiro empreender todos os esforços possíveis e cabíveis, e assim o fará, para que esse crime seja desvendado definitivamente e nós saibamos quem matou Marielle e quem mandou matá-la naquele dia no Rio de Janeiro", declarou.

Nova ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco estava na plateia e chorou durante a fala de Dino. Então vereadora, Marielle foi assassinada a tiros em 14 de março de 2018.

Ainda no discurso desta segunda, Flávio Dino pregou a paz e o fim da cultura que "liberou geral as armas", além de garantir que outros casos como os de Marielle serão solucionados.

Agradecimento ao STF

O novo ministro também fez menção ao Supremo Tribunal Federal (STF), agradecendo por, segundo ele, garantir que a eleição presidencial de 2018 fosse realizada.

"Minhas primeiras palavras são de saudação à senhora chefa do Poder Judiciário do Brasil, ministra Rosa Weber. Saúdo o poder do Estado sem o qual esse momento não estaria ocorrendo, posto que foi o Judiciário brasileiro que garantiu o Estado Democrático de Direito numa hora tão difícil."

Como estão sendo os primeiros dias do governo Lula?