Dino prorroga presença da Força Nacional em Brasília até 4 de fevereiro

Plenário da Câmara dos Deputados

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Justiça, Flávio Dino, prorrogou a presença da Força Nacional de Segurança Pública em Brasília até o dia 4 de fevereiro, segundo portaria assinada por ele e publicada na edição desta segunda-feira do Diário Oficial da União.

Anteriormente, a presença da Força Nacional na capital terminaria no dia 19 de janeiro, data que consta da portaria de prorrogação.

A Força Nacional foi mobilizada na capital antes da violência de 8 de janeiro e o contingente foi reforçado depois que vândalos apoiadores radicais do ex-presidente Jair Bolsonaro depredaram o Palácio do Planalto e os prédios do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF).

O episódio levou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a decretar uma intervenção federal na segurança pública do Distrito Federal até o final deste mês e também ao afastamento por 90 dias do governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), decidido pelo STF.

Com a prorrogação da presença da Força Nacional na capital até 4 de fevereiro, a força composta por policiais de vários Estados estará na segurança da área das sedes dos Três Poderes durante as posses dos parlamentares e as eleições para as presidências da Câmara dos Deputados e do Senado, marcadas para o dia 1º de fevereiro.