Diplomata é demitido após republicar textos sobre a Venezuela

SÃO PAULO, SP, E BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O embaixador Paulo Roberto de Almeida foi demitido nesta segunda-feira (4) do cargo de diretor do Ipri (Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais), vinculado ao Ministério das Relações Exteriores. Ele assumiu o cargo em 2016, durante a gestão de Michel Temer (MDB). A demissão ocorreu após Almeida republicar, em seu blog pessoal, nesta segunda-feira (4), dois textos sobre a crise na Venezuela, um assinado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, outro pelo ex-ministro Rubens Ricupero, e a resposta a eles publicada pelo chanceler Araújo. Em seu blog, Almeida diz querer estimular o debate sobre a política externa com a reprodução dos artigos. No dia 24 de fevereiro, o embaixador agora demitido havia publicado um texto crítico ao escritor Olavo de Carvalho, que indicou ao presidente Bolsonaro nomes para compor o ministério do atual governo, entre eles, o de Araújo. Almeida foi comunicado da dispensa por telefone pelo chefe de gabinete de Araújo, Pedro Wollny. Procurado, o diplomata não quis comentar os motivos da demissão. "Meu blog é um espaço de liberdade, de debate aberto e de interesse público", disse. "Aparentemente vou ter de voltar à biblioteca do Itamaraty para poder trabalhar", disse, em referência aos quase 14 anos de governos petistas. Ele afirma ter sido excluído de atividades no ministério durante o período. O Itamaraty afirmou que a mudança da diretoria do Ipri, "no contexto da troca da grande maioria das chefias do ministério, já estava decidida e foi comunicada ao atual titular". Paulo Roberto Almeida é diplomata desde 1977 e já serviu nas embaixadas de Paris e de Washington, entre outros postos de destaque. É doutor em Ciência Política pela Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Fundado em 1987, o Ipri é um instituto voltado ao desenvolvimento e à divulgação de estudos sobre as relações internacionais, à realização de cursos, seminários e conferências na área, entre outras atividades.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos