Diplomata russo na ONU demite-se alegando ter vergonha da invasão da Ucrânia

Boris Bondarev entregou a carta de demissão nesta segunda-feira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos