Direção do PSDB deve aprovar apoio a Tebet com Tasso de vice nesta quinta-feira

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Após reunião com a cúpula do MDB em Brasília nesta quarta-feira, o presidente do PSDB, Bruno Araújo, anunciou que encaminhará para a executiva do seu partido uma proposta de aliança em torno da pré-candidatura a presidente da senadora Simone Tebet (MS). O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), que também participou do encontro, deve ser o vice da chapa.

A executiva tucana deve se reunir nesta quinta-feira e aprovar o acordo com o MDB. "Neste importante momento da história do País será encaminhado, nessa quinta-feira, na executiva nacional do PSDB a proposta de coligação com o MDB para eleição de Presidente de República com o nome da Senadora Simone Tebet", foi postado na conta do PSDB no Twitter no começo da noite.

Estiveram na reunião, além de Tasso, entre outros, os presidentes do PSDB, Bruno Araújo, do MDB, Baleia Rossi, e do Cidadania, Roberto Freire. Diagnosticada com Covid-19, Tebet participou por vídeo.

Nesta quarta-feira, líderes históricos do MDB no Rio Grande do Sul se manifestaram favoráveis a uma aliança estadual com o PSDB. Esse era uma das exigências dos tucanos para embarcarem na pré-candidatura de Tebet.

As sinalizações foram feitas pelo ex-governador Germano Rigotto e por José Fogaça, que é ex-prefeito de Porto Alegre. O PSDB cobravam que o MDB abrisse mão no Rio Grande do Sul da pré-candidatura do deputado estadual Gabriel Souza (MDB-RS), que já foi lançada. Souza seria vice do ex-governador Eduardo Leite, pré-candidato do PSDB no estado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos