Direção do US Open volta atrás por causa de troca de roupa de tenista

Cornet não demorou 10 segundos para trocar a camiseta (Foto: Reprodução)

Depois da repercussão negativa por causa punição dada à francesa Alize Cornet (leia mais aqui), a Federação de Tênis dos Estados Unidos emitiu um comunicado em que criticou a atitude do juiz da partida. “Todos os jogadores poderão trocar de camiseta quando sentados na quadra, no intervalo dos games. Isso não é uma infração”, diz o comunicado.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

“Rechaçamos o que aconteceu com a sra Cornet. E nossa política é clara para que isso não aconteça novamente. Ainda bem que ela foi advertida apenas com um aviso, e não uma punição mais séria. As jogadoras, se assim desejarem, poderão trocar de camiseta numa localização mais com mais privacidade”, aponta outro trecho do documento da USTA.

Leia mais:

– Diego Alves exalta atuação do Fla contra o Cruzeiro 

– Especialistas comentam sobre expectativa de brasileiros na Europa 

– CR7 vai marcar toneladas de gols pela Juve, diz Camoranesi

A WTA, que rege o tênis feminino, criticou a atitude do juiz e elogiou que o erro foi reconhecido pela USTA.