Direção do São Paulo estranhou, mas acatou decisão de Crespo sobre Benítez

·1 minuto de leitura
Benítez tem contrato com o SP até dezembro. Foto: Robson Mafra/AGIF
Benítez tem contrato com o SP até dezembro. Foto: Robson Mafra/AGIF

A presença de Benítez no banco de reservas do São Paulo contra o Palmeiras chamou a atenção de todo mundo. Crespo justificou o não aproveitamento do argentino porque ele não tinha condições clínicas. A declaração causou surpresa com a opção por um jogador que não poderia atuar, logo num confronto decisivo. 

O blog foi buscar declarações dos dirigentes são-paulinos e ouviu de um deles o seguinte: "Sinceramente, não entendi, mas Crespo resolveu levar o Benítez para o jogo. Ele nos passou a lista com 25 nomes e cortou Luciano e Rodrigo, deixando o Benítez. Não achamos normal, mas foi uma decisão do técnico. Crespo e Benítez não tem nenhum problema de relacionamento", afirmou um membro da diretoria. 

Leia também:

Benítez está com lesão muscular na coxa e ficará mais uma semana em tratamento. Até agora, o meia fez 24 partidas com três gols marcados. 

Seu contrato de empréstimo termina em dezembro. Para o São Paulo ficar com ele, terá que pagar R$ 16 milhões ao Independiente. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos