Diretor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage é exonerado

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Escola de Artes Visuais do Parque Lage tem nova direção. Fábio Szwarcwald foi exonerado do cargo de diretor e será substituído por Dinah Tereza Papi de Guimarães.

A medida foi publicada na edição de quarta (11) do Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro.

A tradicional escola, por onde passaram nomes importantes da arte brasileira contemporânea, como Beatriz Milhazes, Adriana Varejão e Ernesto Neto, é um equipamento estadual.

Recentemente, a escola realizou uma campanha de financiamento coletivo para abrigar a  exposição "Queermuseu - Cartografias da Diferença na Arte Brasileira" -foram arrecadados mais de R$ 1 milhão.

A iniciativa ganhou corpo após o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, proibir a exposição de ser exibida no MAR (Museu de Arte do Rio), em outubro de 2017.

Um mês antes, o Santander Cultural suspendeu a mostra em Porto Alegre após pressão de grupos que a consideram ofensiva. Contra recomendação do Ministério Público, a instituição decidiu não reabrir a exposição.

Com o sucesso do financiamento coletivo, foram iniciadas reformas no Parque Lage para abrigar a exposição, cuja previsão de abertura é agosto de 2018.