Diretor da Precisa se recusa a dizer qual senador o acompanhou em viagem a Las Vegas

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***BRASILIA, DF: O senador Humberto Costa (PT-PE). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASILIA, DF: O senador Humberto Costa (PT-PE). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Em depoimento à CPI da Covid, nesta quinta-feira (23), o diretor da Precisa Medicamentos Danilo Treno se recusou a revelar qual senador o acompanhou em viagem a Las Vegas, nos Estados Unidos. Disse apenas que esteve uma única vez na cidade, mas exerceu o direito ao silêncio e não revelou a data. A viagem, segundo os senadores, teria acontecido entre o fim de 2019 e início de 2020.

"O senhor já foi a Las Vegas nos Estados Unidos?", questionou o senador Humberto Costa (PT-PE).

"Sim, acredito que uma vez", respondeu o depoente.

"O senhor foi acompanhado de algum senador?", insistiu o parlamentar.

"Irei exercer o direito ao silêncio", disse Trento.

De acordo com informações do portal da transparência do Senado, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) obteve autorização para se ausentar de suas atividades entre 18 e 24 de janeiro de 2020. A viagem seria "a fim de acompanhar a comitiva do Instituto Brasileiro de Turismo - Embratur em reuniões institucionais com o Carnival Group e a Royal Caribbean International, em Miami e com o presidente e CEO do Las Vegas Sand Corporation, Sheldon Adelson, em Las Vegas", segundo requerimento que apresentou.

Trento afirmou inicialmente que não iria responder questões sobre suas relações com a família do presidente Jair Bolsonaro. Depois disse que conhecia Flávio de "eventos institucionais".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos