Diretor de escola pede demissão após fazer aluno negro ajoelhar diante de professor branca

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Diretor pediu demissão após ser acusado de racismo - Foto: Divulgação
Diretor pediu demissão após ser acusado de racismo - Foto: Divulgação
  • Diretor ordenou garoto a ajoelhar-se para pedir desculpas

  • Ele afirmou que aprendeu sobre o "ritual" africano com uma família nigeriana

  • Mãe acusou o diretor de racismo, e a escola garantiu que está investigando o caso

O diretor de uma escola norte-americana pediu demissão depois de fazer um aluno de origem haitiana ajoelhar-se diante de uma professora branca para pedir desculpas. O caso aconteceu em Long Island e foi divulgado pela imprensa do país.

A mãe do garoto, Trisha Paul, foi a responsável por denunciar John Holian. Ela afirmou que a atitude do diretor com seu filho, de 11 anos, foi racista.

Leia também:

“Ele (John) disse que ele (o filho) deveria se desculpar da maneira africana ou nigeriana, que era ajoelhando-se. Ele (a criança) está humilhado, triste e decepcionado. Está passando por muitas emoções agora”, declarou à rede de TV CBS2.

Trisha contou, ainda, que o diretor alegou ter aprendido sobre o “ritual” com a família nigeriana de um de seus ex-alunos. Ela questionou se a prática era comum entre os alunos da escola e ouviu de Holian que esta era a primeira vez que um estudante era ordenado a isso.

“Meu filho não é africano. Você generaliza todo mundo porque é negro? Você simplesmente presume que minha criança é nigeriana? Foi feito simplesmente porque ele é negro”, afirmou a mãe.

Escola investiga o incidente

Diante da repercussão, Holian pediu demissão. A escola, porém, afirmou que continua investigando o caso para tomar novas medidas cabíveis e garantir que ele não se repita.