Diretor global de segurança do TikTok deixará função

Diretor global de segurança cibernética do TikTok deixará deixará cargo. Foto: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images.
Diretor global de segurança cibernética do TikTok deixará deixará cargo. Foto: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images.
  • O diretor global de segurança do TikTok, Roland Cloutier, deixará a função em setembro;

  • Companhia está reorganizando seu setor de segurança global;

  • O TikTok anunciou uma equipe dedicada à segurança de dados nos Estados Unidos.

O diretor global de segurança do TikTok, Roland Cloutier, responsável pelo supervisionamento e proteção digital da plataforma de vídeos, deixará a função em setembro, informou a companhia na última sexta-feira (15).

Ao jornal norte-americano The Wall Street Journal, um porta-voz da empresa alegou que decisão de substituir Cloutier não teve relação com alguma preocupação diante da privacidade de dados.

Kim Albarella, membro sênior da equipe de segurança cibernética do TikTok, será a diretora global interina de segurança da companhia.

Leia também:

"Com nosso recente anúncio sobre as mudanças no gerenciamento de dados nos Estados Unidos, é hora de fazer a transição de minha função de diretor global de segurança para uma função de consultoria estratégica com foco no impacto comercial dos programas de segurança e confiança, trabalhando diretamente com [o presidente-executivo] Shou, [ o vice-presidente de tecnologia da ByteDance] Dingkun e outros líderes sêniores", informou o Cloutier no memorando.

A emmpresa está reorganizando seu setor de segurança global e transferindo questões de seguranças específicas da China para as equipes mais localizadas, como nos EUA, onde foi anunciado um grupo dedicado a segurança de dados no país, para minimizar o acesso chinês à informação estrangeira.

No começo de julho, a companhia afirmou aos parlamentares norte-americanos que estava trabalhando em um acordo final com o governo Biden para assegurar “totalmente os dados dos usuários e os interesses de segurança nacional dos EUA”.

*As informações são da Reuters e do The Wall Street Journal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos