Diretora declara guerra a pais de pijama na saída de escola britânica

Irritada com o número crescente de pais de alunos usando pijama na saída da escola, a diretora de um colégio britânico enviou uma circular, pedindo-lhes que se vistam melhor

Irritada com o número crescente de pais de alunos usando pijama na saída da escola, a diretora de um colégio britânico enviou uma circular, pedindo-lhes que se vistam melhor.

"Constatei um aumento no número de pais vestidos de pijama e, às vezes, de pantufas, quando acompanham os filhos ao colégio", escreve Kate Chisholm, diretora da Skerne Park Academy, uma escola de ensino fundamental em Darlington, no nordeste da Inglaterra.

"Poderia lhes pedir para gastar um pouco de seu tempo para se vestir de maneira adequada?", questiona a diretora na carta.

"Se quisermos elevar o nível, não é demais pedir aos pais que venham limpos e vestidos", justifica.

A guerra contra os pijamas recebeu, imediatamente, o apoio de vários pais, entre eles Phil Naylor.

"Espero que os pais entendam a mensagem", comentou Naylor, que considera "vergonhoso" o uso de pijama no ambiente escolar.

"Devemos dar o exemplo para nossas crianças, não maus hábitos", acrescentou.