Diretora do metrô da Cidade do México deixa o cargo após acidente fatal

·1 minuto de leitura
Trem do metrô da Cidade do México caiu após colapso de ponte

A diretora do metrô da Cidade do México deixou o cargo após dois meses do acidente neste sistema de transporte que deixou 26 mortos, informou a prefeita Claudia Sheinbaum nesta segunda-feira (28).

"Queremos agradecer à senhora Florencia Serranía por todos os esforços e trabalho", afirmou a prefeita, sem especificar se a funcionária, que esteve presente durante o anúncio, renunciou ou foi demitida.

Sheinbaum destacou o "esforço" de Serranía durante o período no cargo, iniciado em dezembro de 2018, e não mencionou o acidente fatal de 3 de maio.

Naquela noite, uma seção elevada do metrô desabou e dois vagões ficaram suspensos cerca de 12 metros acima do solo. Além das vítimas, ao menos 80 pessoas ficaram feridas.

Depois do acidente, trabalhadores sindicalizados do metrô exigiram a saída de Serranía, que também foi responsabilizada por outro acidente em janeiro, quando um incêndio na central de controle do sistema deixou um morto e 29 intoxicados.

Em março de 2020, dois trens colidiram, deixando um morto e 41 feridos.

A prefeita nomeou Guillermo Calderón como o novo diretor do metrô, que até agora esteve à frente dos transportes elétricos da metrópole.

"A primeira instrução que recebi do chefe de governo é continuar o trabalho para garantir aos usuários um metrô seguro e eficiente", afirmou Calderón em sua primeira mensagem como diretor.

Acrescentou que a prefeita e o presidente Andrés Manuel López Obrador lideram os esforços para recuperar a Linha 12, assim como prestar apoio às vítimas e seus familiares.

Um relatório preliminar da empresa norueguesa DNV indicou que a causa do acidente foi uma "falha estrutural" causada por "deficiências no processo de construção" e na soldagem dos parafusos que uniam as partes do elevado.

jla/ll/bn/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos