Dirigente ou treinador? Fred não definiu o que fará do futuro, e Fluminense deseja mantê-lo próximo

Fred se despediu oficialmente dos gramados. Mas, o que fará do futuro? Essa será a pergunta a ser feita para o ex-atacante, que ainda não bateu o martelo. Apesar de desejar fazer cursos de gestão esportiva, ainda não definiu em qual área irá atuar. Dirigente? Treinador? Empresário? O martelo ainda não está batido, mas pessoas próximas opinaram ao GLOBO sobre onde acreditam que ele se dará melhor. Cabe destacar que ele ainda tem contrato como atleta do Fluminense até 21 de julho.

Inicialmente, o planejamento era de que Fred seguisse no tricolor atuando em uma área institucional, tanto que essa possibilidade chegou a estar esboçada no contrato que marcou o seu retorno ao clube. No entanto, ainda não é certo se o gancho será aplicado. Presidente do Fluminense, Mário Bittencourt deseja mantê-lo perto do clube mesmo após a despedida.

— Nós deixamos um esboço dentro do contrato para um trabalho que ele pudesse exercer aqui. Conversamos recentemente sobre isso, mas eu tenho percebido que a conversa dele mudou um pouco no pós-carreira. Ainda está embrionária a ideia dele. Depois que foi tomado um rumo, que pode não ser no Fluminense. Mas se for aqui, e eu quero que seja aqui, é um desejo meu, na hora que a gente decidir o que vai ser, vai acontecer — afirma Mário Bittencourt, que completa:

— Acho que ele se dará bem com qualquer coisa ligada ao campo. Ele é um cara muito inteligente, teria que se preparar para outras funções porque começaria uma nova relação com futebol. Mas sobre campo, para mim, ele já está bastante preparado pelos 30 anos que está no futebol.

A opinião do presidente do Fluminense é parecida com a do técnico Fernando Diniz e de Marcos Benjamin, ex-assessor de imprensa do Fluminense, que trabalhou com Fred durante o título brasileiro de 2012. Pela vivência de vestiário, eles acreditam que o atacante terá facilidade para ser uma espécie de "conselheiro".

— Eu só presto para ser técnico (risos). O Fred vai poder escolher. Mas eu não tinha duvida. Ele tem. Pode se encaixar em qualquer lugar. É jogador, tem carisma, tem experiencia internacional, liderança. Ao mesmo tempo é extremamente simpático e comercial — afirma Diniz.

— Acho que o Fred tem tudo para ser um manager. Ele sempre foi um líder. Acredito que ele pode ocupar uma vaga mais gerencial de vestiário. Ele já faz esse papel, acredito. Já vi ele falando que exerça algo do tipo também. Ele é um líder nato e sempre defendeu os interesses do clube — completa Benjamin.

A questão da liderança também é lembrada pelo ex-companheiro Thiago Neves, que atuou junto com Fred na conquista do Campeonato Brasileiro de 2012.

— Fred foi um cara fantástico dentro e fora do campo. Um líder e capitão como pouco vi no futebol. O melhor atacante que joguei na minha carreira. Acho que por todo o respeito, história e ligação com o Fluminense ele tem de tudo, se ele desejar e se preparar, para ser um diretor de futebol ou auxiliar fixo do Fluminense.

Para Abel Braga, treinador de Fred em títulos do Carioca e Brasileiro, Fred precisa descansar antes de tomar qualquer decisão. Neste momento, o ideal é aproveitar o período sem jogos junto com a família antes de definir o que fará daqui para frente.

— O Fred tem que aproveitar pra descansar e aproveitar a família, levar esposa e filhos pra fazenda e ficar um tempo por lá, respirar e deixar a poeira baixar. Está encerrando uma bonita carreira, e justamente pelo clube que ama e do qual é ídolo. O que fará quando se aposentar, eu não sei, mas, para o bem do futebol, que continue a atuar nesse meio, porque ele é muito acima da média. Sempre foi preparado — completou o ex-treinador.

Dirigente responsável por contratar Fred para o Fluminense em 2009, Alexandre Faria também vai na linha de Abel. Mas acredita que uma área de relacionamentos internacionais seria a ideal para o atacante. Quem sabe, poderia ser um embaixador.

— Essa área internacional é uma boa, ele é articulado para manter este relacionamento com vários clubes — afirma Alexandre Faria.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos