Líder opositor russo é condenado a 15 dias de prisão por desacato

Moscou, 27 mar (EFE).- O líder opositor russo Alexei Navalny foi condenado nesta segunda-feira a 15 dias de prisão por desacato à polícia durante o grande protesto antigovernamental de ontem, que terminou com centenas de ativistas detidos pelas autoridades.

Nalvany, que disse ser inocente das acusações na audiência que o condenou, já tinha sido multado por um tribunal de Moscou em 20 mil rublos (US$ 324) por organizar uma manifestação não autorizada no centro da capital, a maior dos últimos cinco anos.

O Kremlin defendeu hoje a atuação da polícia na hora de dispersar os manifestantes opositores, o que foi condenado pelos Estados Unidos e a União Europeia. EFE