Disney mais que dobra pacotes de pagamento para CEO e ex-presidente em 2021

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
CEO da Disney, Bob Chapek (à esquerda) e o ex-CEO e presidente Bob Iger (segundo à direita) receberam grandes pagamentos em 2021 (REUTERS/Jason Redmond)
CEO da Disney, Bob Chapek (à esquerda) e o ex-CEO e presidente Bob Iger (segundo à direita) receberam grandes pagamentos em 2021 (REUTERS/Jason Redmond)
  • CEO que deixou a empresa em 2021, recebeu pagamento de US$ 45,9 milhões

  • Bob Chapek foi recompensado com US$ 32,5 milhões no ano fiscal de 2021.

  • Nenhum dos executivos recebeu bônus em 2020 em meio ao auge da pandemia

O ex-CEO e o atual da Disney - Bob Iger e Bob Chapek, respectivamente - receberam grandes salários enquanto a gigante do entretenimento elogiava as duas gestões dos negócios durante a pandemia.

Iger, que deixou o cargo em 2020 para se tornar presidente executivo - saindo definitivamente da empresa no final do ano passado, deixou a Mouse House com um pacote de remuneração total no valor de US$ 45,9 milhões (cerca de R$ 248 mi), mais que dobrando seus US$ 21 milhões (aproximadamente R$ 114 mi) no ano anterior. Enquanto isso, o atual CEO da Disney, Chapek, ganhou US$ 32,5 milhões (quase R$ 176 mi) em compensação, mais que o dobro dos US$ 14,2 milhões (pouco mais de R$ 76 mi) que ele levou para casa um ano antes.

Leia também:

Iger passou uma década e meia à frente da Disney

O executivo, que passou 15 anos no comando da gigante do entretenimento, ganhou um salário de US$ 3 milhões (perto de R$ 16 mi) e um bônus em dinheiro de US$ 22,9 milhões (cerca de R$ 124 mi) em 2021, além de US$ 9,5 milhões (quase R$ 52 mi) em ações da Disney e US$ 9,3 milhões (próximo de R$ 50 mi) em opções de ações. Isso não inclui as ações que Bob tinha direito a receber quando seu contrato expirou no final do calendário de 2021 - no valor de US$ 231 milhões (pouco menos de R$ 1,3 bilhão) em 1º de outubro, de acordo com um documento de valores mobiliários.

Iger, que supervisionou os projetos criativos da Disney durante seus últimos dois anos na empresa, foi elogiado por sua gestão “hábil” dos negócios, pois a pandemia provocou vários atrasos na produção O executivo de longa data também criou um “pipeline” em vários departamentos da Disney para ajudar a canalizar novos programas para o Disney+, o mais importante serviço de streaming da empresa.

Ganhos de Chapek

Para o ano fiscal encerrado em 2 de outubro, o salário de Chapek foi de US$ 2,5 milhões (quase R$ 14 mi), seus prêmios em ações totalizaram US$ 10,2 milhões (valor superior a R$ 55 mi) e suas opções totalizaram US$ 3,8 milhões (perto de R$ 20 mi). O CEO também recebeu um bônus em dinheiro de US$ 14,3 milhões (próximo de R$ 77 mi). A Disney disse que a bela remuneração de Chapek estava ligada à sua gestão durante a pandemia, que esmagou os parques temáticos e os negócios de filmes da empresa, em particular. Nenhum dos executivos recebeu bônus em 2020 em meio ao auge da pandemia.

"Senhor. Chapek, como CEO, apresentou forte desempenho devido aos desafios sem precedentes resultantes da pandemia do COVID-19 e valor significativo para os acionistas, impulsionado pela execução excepcional das principais iniciativas estratégicas da empresa”, disse a Disney em um documento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos