Disney muda direção e vai lançar filmes exclusivos no cinema

·1 minuto de leitura
Em uma reviravolta, a Disney atualizou sua programação de lançamento para 2021, optando por lançar o resto de sua agenda lotada exclusivamente nos cinemas antes que os filmes se tornem disponíveis na Disney +. REUTERS/Dado Ruvic
  • Três filmes terão lançamentos até o final do ano em cinemas pelo mundo

  • Sistema de streaming da companhia segue com aumento no número de assinantes

  • Mudanças ocorrem após processo de Scarlett Johansson contra a Disney

Em uma reviravolta, a Disney atualizou sua programação de lançamento para 2021, optando por lançar o resto de sua agenda lotada exclusivamente nos cinemas antes que os filmes se tornem disponíveis na Disney +.

“Após o tremendo sucesso de bilheteria de nossos filmes de verão, que incluíram cinco dos oito maiores lançamentos domésticos do ano, estamos entusiasmados em atualizar nossos planos teatrais para o restante de 2021,” Kareem Daniel, diretor de distribuição de mídia e entretenimento da Disney, disse em um comunicado à imprensa na sexta-feira (10).

Leia também:

Filmes como "West Side Story", "Eternals" e "The Last Duel" terão uma janela exclusiva de 45 dias antes de chegar aos serviços de streaming, enquanto o filme de animação da Disney "Encanto" terá uma janela de apenas 30 dias.

A notícia vem na esteira do sucesso de bilheteria de "Shang-Chi" da Marvel, que estabeleceu um novo recorde no fim de semana do Dia do Trabalho depois de arrecadar mais de US$ 90 milhões em vendas de ingressos na América do Norte.

Ao longo da pandemia, a Disney fez experiências com sua estratégia de lançamento - optando por estrear alguns de seus maiores filmes, incluindo "Black Widow" da Marvel, simultaneamente na Disney + como um vídeo sob demanda premium (PVOD) oferecido no mesmo dia que os cinemas.

Embora o filme tenha arrecadado US$ 80 milhões em sua estreia doméstica, muitos analistas acreditam que a opção de streaming prejudicou as vendas de ingressos. A atriz Scarlett Johansson, que estrelou vários filmes do Universo Cinematográfico da Marvel como Natasha "Viúva Negra" Romanov, parecia concordar.

Em uma declaração bombástica no final de julho, Johansson processou a Disney, alegando que a potência da mídia quebrou seu contrato com ela ao se comprometer com o plano de lançamento do híbrido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos