Disney+ vai aumentar de preço e criar plano com anúncios

Assinantes da Disney+ irão passar automaticamente para o plano com anúncios, a menos que concordem em pagar a mais (Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Assinantes da Disney+ irão passar automaticamente para o plano com anúncios, a menos que concordem em pagar a mais (Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Empresa anunciou um aumento de 38% no valor da assinatura;

  • Mudança está prevista para acontecer no dia 8 de dezembro;

  • Assinantes da Disney+ irão passar automaticamente para o plano com anúncios, a menos que concordem em pagar a mais.

A Disney anunciou uma nova estratégia para aumentar a receita dos seus serviços onlines, que vem se mostrando deficitários. A ideia da empresa é aproveitar os resultados do último trimestre, que superaram as estimativas de venda, lucro e crescimento de assinantes.

A empresa anunciou que a partir do dia 8 de dezembro irá aumentar o preço de seu principal serviço de streaming, o Disney+, em 38%, além de criar um novo plano de assinatura que envolverá anúncios. Os preços de alguns pacotes que incluem Hulu e ESPN+ também aumentarão.

A Disney também espera que as mudanças e os bons resultados do último trimestre, que viu 14,4 milhões de novos assinantes ao Disney+, ajudem a reverter a onda de queda nas ações da empresa, que já caiu 27% neste ano. Com o anúncio, o papel da empresa valorizou 7,1%.

Muitos analistas estão céticos de que a Disney possa cumprir a ambiciosa meta de ter 260 milhões de assinantes até 2024, estabelecida há dois anos.

A diretora financeira Christine McCarthy disse aos investidores em uma teleconferência nesta quarta-feira que a empresa agora espera entre 135 milhões e 165 milhões de clientes “principais” do Disney+ e até 80 milhões de clientes para o produto Disney+ Hotstar na Índia até o final do ano fiscal de 2024, ou um máximo de 245 milhões.

O novo plano com anúncios visa aumentar o número de assinantes e gerar mais receitas, oferecendo mais opções aos clientes de quanto desejam pagar pelo serviço. A empresa informou que vendeu US$ 9 bilhões em anúncios para a próxima temporada de TV, com 40% disso indo para suas ofertas online. Os assinantes atuais do Disney+ irão receber a versão de anúncios, assim que esta for lançada, a menos que concordem em pagar a mais pelo plano sem comerciais.