Disputa entre traficantes em praia perto de Cancún deixa dois mortos

·2 min de leitura
Soldados mexicanos no entorno do hotel Hyatt Ziva Riviera, em Porto Morelos, no estado de Quintana Roo, México, em 4 de novembro de 2021, depois do tiroteio (AFP/ELIZABETH RUIZ)

Dois homens identificados como traficantes de drogas morreram na quinta-feira (4), após uma troca de tiros na presença de turistas em uma praia exclusiva de um hotel próximo a Cancún, principal destino turístico do Caribe mexicano.

"Houve um confronto entre membros de grupos rivais de traficantes em uma praia da Baía Petempich, Puerto Morelos. Dois deles morreram no local. Não há feridos graves", tuitou a Promotoria de Quintana Roo (leste).

O incidente ocorreu na área da praia do hotel Hyatt Riviera, que faz parte dos luxuosos complexos turísticos do Caribe mexicano.

"Tivemos um forte golpe para o desenvolvimento do estado", disse o governador de Quintana Roo, Carlos Joaquín González, a uma rádio local, relatando que os homens armados chegaram pelo mar à área, inacessível aos moradores.

Uma funcionária do hotel, que pediu para não ser identificada, confirmou à AFP que cerca de 15 homens chegaram de lancha e que um deles conseguiu correr para dentro do hotel. Foi seguido pelos homens armados, até aos locais onde se encontravam os funcionários e turistas.

"Homens armados chegaram atirando", tuitou Mike Sington, executivo da rede norte-americana NBC Universal, que estava no local.

"Todos saíram correndo da praia e das piscinas. Os funcionários (do hotel) disseram para ficarmos escondidos nos quartos atrás das cozinhas", acrescentou.

Em sua conta verificada no Twitter, Sington publicou imagens de turistas, muitos de traje de banho, tentando se proteger no corredores do Hyatt Riviera.

Legistas e membros da Guarda Nacional foram enviados para o estabelecimento, enquanto um helicóptero da Secretaria da Marinha sobrevoava a área, observou a AFP.

Tensos e cobrindo o rosto, alguns funcionários deixaram o hotel em ônibus da empresa.

"As pessoas estão se abraçando e chorando", descreveu Sington.

Puerto Morelos também é vizinha de Cancún, principal destino de turistas estrangeiros no México.

A violência ligada à criminalidade, em especialmente à venda de drogas no varejo, atinge o Caribe mexicano há anos. A maioria dos incidentes violentos costuma acontecer ocorre longe dos hotéis exclusivos, mas, nos últimos anos, houve episódios de confrontos armados em áreas turísticas.

O turismo representa 8,5% do Produto Interno Bruto (PIB) mexicano e é a principal atividade econômica na região sudeste do país.

str-sem/jg/yow/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos