Divulgadas cartas de perseguidora de Beckham: "Quero conversar"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Beckham disse que não conhecia Sharon e se sentiu ameaçado com os conteúdos das cartas. Foto: Shi Tang/Getty Images
Beckham disse que não conhecia Sharon e se sentiu ameaçado com os conteúdos das cartas. Foto: Shi Tang/Getty Images

Ser uma celebridade também traz riscos como fãs que ultrapassam qualquer limite e até quebram as barreiras da privacidade. Foi o que aconteceu com David Beckham, que em março deste ano, teve divulgada a notícia de que o ex-jogador de futebol enfrentava uma batalha judicial contra Sharon Bell, uma mulher de 58 anos que foi acusada de assediar a lenda do futebol britânico e sua filha mais nova, Harper Seven.

Apesar de ser acusada, Sharon não teve que enfrentar um julgamento criminal porque sofre de problemas mentais. Conforme relatado pelo Daily Mail, a senhora pôde comparecer por videoconferência perante o Tribunal de Westminster.

Leia também:

Bell acreditava que ele estava em um relacionamento com Beckham e que o ex-jogador e sua esposa, Victoria, conspiraram para roubar seus óvulos e que Harper era sua filha.

Beckham disse que não conhecia Sharon e, em nota coletada pelo Daily Mail, garantiu que se sentiu ameaçado: “A linguagem das cartas se intensificou e se tornou mais emocional e ameaçadora para mim e minha família, e isso me preocupou. A mulher sabia onde morava. Eu me senti impotente e com raiva porque não havia nada que eu pudesse fazer", explicou.

Durante o julgamento, o tribunal leu as cartas recebidas por David Beckham e escritas por Sharon Bell. "Eu tenho seu endereço, espero que você não se importe. Eu tenho sentimentos por você David. Victoria me deve algum dinheiro, ela disse que está roubando da minha conta bancária há anos. Eu agradeceria se ela não estivesse lá", dizia um trecho da carta.

Sharon Bell foi mais longe e planejou ir vê-lo: "Por favor, você tem que estar lá. Caso contrário, alguém vai à imprensa e diz que ambos têm meus números de registro. Isso não ficaria bom, não é? Eu poderia entrar para uma conversa e tomar um chá. Eu realmente quero conversar com você, então, por favor, posso entrar para uma conversa? Eu só quero conversar com você. Você me deve isso, Davi", escreveu.

Ball afirmou ser apaixonada por David Beckham desde a infância. No entanto, sua obsessão chegou ao fim. O Tribunal de Westminster ordenou a prisão de Sharon.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos