DJ Ivis chora em vídeo com pedido de perdão à ex-mulher, Pamella Hollanda: 'Errei, assumo meu erro'

·3 minuto de leitura

Preso desde quarta-feira por agredir a ex-companheira e mãe de sua filha de nove meses, Pamella Holanda, Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, pediu perdão a ela, aos prantos, em vídeo gravado antes da prisão. As imagens foram divulgadas neste sábado por um dos advogados do artista, Igor Coutinho.

"O que eu fiz com a Pamella não posso mais voltar atrás. Quando eu vi domingo, a matéria subindo, eu tentei reagir, nãome justificando, mas eu agi errado mais uma vez (...) Eu estou vendo sozinho, tentando ser forte, mas não existe mais força. Eu estou passando aqui pra dizer pra cada um de vocês, pra você que é mãe, pra você que é filha, pra você que é pai, pra você que é família, pra você, Pamella: eu errei, assumo meu erro", disse DJ Ivis em um trecho da gravação. "Sou difícil pra chorar, já levei muita pedrada, mas eu sempre tive que ser forte. Muita gente já tentou me derrubar, mas eu sozinho me derrubei e não posso voltar atrás".

Igor Coutinho disse que as imagens de Ivis foram feitas na última quarta-feira, num condomínio de luxo em Aquiraz, região metropolitama de Fortaleza, cerca de 20 minutos antes de a polícia cumprir o mandato de prisão preventiva, que foi fundamentado pelo risco à ordem pública que o músico provocaria ficando solto. O cantor se manteve em silêncio durante o interrogatório da prisão. Na sexta-feira, DJ Ivis foi transferido da Delegacia de Capturas para o presídio Irmã Imelda Lima Pontes.

"A intenção de Ivis, ao reconhecer os erros que cometeu, era pedir perdão à Pamella, às mulheres, aos fãs e a todos que decepcionou", afirmou o advogado Igor Coutinho ao G1 Ceará.

Até o último domingo, DJ Ivis era conhecido por ser um dos maiores nomes do forró eletrônico no Brasil. Como as imagens dos chutes e socos na ex-mulher, com a presença da filha bebê, ele perdeu o contrato com a Vybbe, empresa de Xand Avião. Suas músicas também foram excluídas das playlists oficiais do Deezer e do Spotify.

Paraibano de Santa Rita, radicado em Fortaleza, no Ceará, Iverson, de 29 anos, começou a fazer sucesso como produtor do Aviões do Forró há nove anos. Quando a banda acabou, continuou com Xand Avião e fazia parte do casting da empresa dele, a Vybbe.

Além de hits com Aviões e Xand ("Gordinho gostoso", "Uber", "Cidade inteira"), há composições para os Barões da Pisadinha ("Renatinha", "Liga pro 190"), Zé Vaqueiro ("Cangote", "Volta comigo BB") e Raí Saia Rodada ("Era eu").

Em 2021, resolveu cantar, e a música "Esquema Preferido", em parceria com o cearense Tarcísio do Acordeon, foi um hit gigantesco. Só no Spotify, já foram mais de 111.8 milhões de plays desde o lançamento, em fevereiro deste ano. Em abril assinou contrato com a Sony Music e, no mesmo mês, emplacou mais um hit: "Volta bebê, volta neném". A música já bateu mais de 85 milhões no serviço de streaming e foi a quinta música mais ouvida da semana, no dia da publicação desta matéria. O artista tem hoje 7.8 milhões de ouvintes mensais na rede.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos