Djokovic ainda luta mentalmente para voltar à melhor forma

Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Fernando Kallas

MADRI (Reuters) - O tenista número um do mundo, Novak Djokovic, disse que ainda está lutando mentalmente para voltar à sua melhor fase após ficar fora do Aberto da Austrália e de boa parte do início nesta temporada devido à recusa em se vacinar contra a Covid-19.O tenista 20 vezes campeão de Grand Slams não conseguiu defender seu título do Aberto da Austrália em janeiro após ser deportado do país. Ele havia sido admitido no torneio em um primeiro momento, apesar de não ter tomado a vacina, mas o governo australiano interveio.O jogador de 34 anos também ficou de fora dos torneios ATP Masters 1000 em Miami e Indian Wells."O desafio é definitivamente mais do lado mental e emocional", disse Djokovic em entrevista coletiva neste domingo, enquanto se prepara para começar a campanha no Aberto de Madri na terça-feira."É claro que nunca experimentei nada parecido com o que vivi no início desta temporada e não sabia como isso me afetaria.""Obviamente, vocês sabem, eu ainda tenho que lidar com isso até certo ponto. Não me impacta mais tanto quanto nos primeiros dois, três meses do ano. Eu sinto que quanto mais eu jogo, mais eu me sinto parte deste ambiente, mais confortável me sinto."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos