Djokovic, o mais aguardado no Open da Austrália

A Rod Laver Arena, em Melbourne, encheu-se de adeptos de ténis para o arranque do Open da Austrália.

O primeiro Grand Slam da Temporada começou bem para Rafael Nadal. O espanhol venceu o britânico Jack Draper 7-5, 2-6, 6-4 e 6-1.

Mas o sérvio Novak Djokovic é outra estrela aguardada. Está de regresso à Austrália depois de ser deportado do país no ano passado por não estar vacinado contra a Covid-19.

O visto australiano que tinha foi suspenso por três anos, mas em novembro, a proibição de entrada foi anulada.

"É o meu tenista favorito. Fico contente por ele estar a jogar este ano. É justo depois de tudo o que se passou no ano passado", sublinhou Aimee Snaidero, uma adepta que torce pela vitória de Djokovic.

Chris Pulidano, outro fã do tenista sérvio, acrescentou: "definitivamente ele é preciso. Acho que a Covid-19 já é coisa do passado. É um pouco lamentável o que aconteceu com ele no ano passado e é bom tê-lo de volta."

As americanas Jessica Pegula, Coco Gauff e Danielle Collins, vice-campeã de 2022 em Melbourne Park, passaram à segunda ronda na competição feminina.