Djokovic revela problemas no punho após derrota na Laver Cup

Laver Cup


Depois de duas vitórias no sábado e colocar a Europa na liderança, Novak Djokovic foi derrotado por 6/3 7/6 (7/2) para o canadense Felix Aliassime neste domingo e em seguida o time Mundo venceu a competição com triunfo de Frances Tiafoe sobre Stefanos Tsitsipas.

Após a derrota, Novak Djokovic revelou estar sofrendo com dores no punho: "Estou lidando com isso há vários dias, consegui mantê-lo sob controle, mas é claro que os dois jogos de ontem me afetaram. Eu não competia há muitos meses e fiz isso em uma quadra lenta , onde as bolas são grandes e pesadas, pois teve impacto no meu punho. Isso não diminui o Félix, ele fez um grande jogo e mereceu ganhar", afirmou Novak, antes de explicar que este não é o punho em que teve problemas em outros episódios de sua carreira. "Na Rio 2016 tive problemas com um punho, mas era o esquerdo. Neste torneio você tem que dar muita velocidade ao punho para colocar força na bola, então atribuo o desconforto a isso. Falta de ritmo competitivo", alertou.

O foco do sérvio segue sendo a vaga no ATP World Finals para o restante do ano: "Meu principal objetivo é estar no Nitto ATP Finals de 2022. Eu sei que tenho que estar no top 20 e agora estou em 15º ou 16º. Decidi jogar em Tel Aviv e Astana e depois ir para Paris e, espero, do que para Turim. Estou focado nisso nas próximas semanas", declarou Novak Djokovic que terá que estar atento à evolução de seus problemas no punho direito e determinar se é algo temporário como resultado da falta de jogos ou se o desconforto vai para mais no evento israelense que joga na próxima semana.

Em Tel-Aviv o brasileiro Thiago Monteiro pode ser seu rival de estreia. O brasileiro enfrenta o espanhol Pablo Andujar na primeira rodada.