Nadal avança às quartas de Roland Garros sem perder um set; Djokovic também se classifica

·3 minuto de leitura

Em três sets corridos, como vem fazendo desde o início desta edição de Roland Garros, o tenista espanhol Rafael Nadal (nº 3 do mundo) derrotou nesta segunda-feira por 7-5, 6-3 e 6-0 o jovem italiano Jannik Sinner (19º) garantindo assim sua classificação para as quartas de final, onde vai enfrentar o argentino Diego Schwartzman.

O maiorquino, vencedor de 13 edições do torneio parisiense e que está a três vitórias da conquista de um inédito 21º Grand Slam, já havia eliminado Sinner nas quartas de final no ano passado no saibro da capital francesa, e agora tentará repetir a vitória contra o argentino, a quem eliminou nas semifinais da edição de 2020.

"São sempre as condições ideais para jogar aqui, é uma quadra muito especial para mim. Hoje joguei contra um tenista muito bom, com um grande futuro. Estou muito feliz pela vitória", disse Nadal na quadra assim que terminou o jogo.

"É sempre um desafio jogar contra o Diego. Terei de jogar bem, são as quartas de final daquele que é provavelmente o melhor torneio do mundo, todos os adversários são de alto nível", acrescentou o espanhol sobre seu rival contra quem vai disputar uma vaga nas semifinais.

- Djokovic vira e avança com abandono -

Mais cedo o sérvio Novak Djokovic se classificou apesar do susto sofrido diante do jovem italiano Lorenzo Musetti (76º), que teve que abandonar por sentir dores quando perdia por 4-0 no quinto set. Com isso, 'Djoko' alcançou pela 15ª vez em sua carreira às quartas de final de Roland Garros.

O número 1 do mundo, finalista em 2020 e que luta por seu 19º título de Grand Slam, perdeu os dois primeiros sets no tie-break, mas soube se recompor para atropelar o italiano nos dois seguintes, até que houve a desistência no quinto e último, quando já estava 4-0.

"Gosto de enfrentar jovens em uma melhor de cinco porque, mesmo depois de perder dois sets, sinto que ainda tenho chances", disse Djokovic.

"Me sinto bem fisicamente, venci a maioria dos meus jogos de cinco sets e essa experiência ajuda. É uma pena para ele ter de abandonar, mas pude ver que ele estava sofrendo fisicamente".

Foi a quinta vez em sua carreira de Grand Slams que Djokovic, de 34 anos, venceu de virada.

Após sua vitória por 6-7 (7/9), 6-7 (2/7), 6-1, 6-0, 4-0, Djokovic enfrentará nas quartas o italiano Matteo Berrettini, que se classificou para as oitavas do torneio parisiense após o abandono de Roger Federer, fisicamente esgotado, que decidiu se concentrar na temporada de grama.

- Schwartzman elimina Struff -

O argentino Diego Schwartzman (10º) eliminou o alemão Jan-Lennard Struff (42º) com parciais de 7-6 (9/11), 6-4, 7-5.

Com essa classificação para as quartas de final, Schwartzman igualou Guillermo Cañas e Juan Martín del Potro com três participações entre os oito primeiros colocados no saibro parisiense. Só Guillermo Vilas, com nove, os supera nesse quesito entre os tenistas argentinos.

"Estou feliz por estar de volta a Roland Garros, de volta às quartas de final, mas um pouco menos por talvez ter que jogar contra o Rafa na próxima fase, mas enfim... " brincou o argentino, se referindo ao duelo com Nadal, quando questionado pelo ex-tenista francês Cédric Pioline.

-- Resultados das oitavas de final do torneio de Roland Garros:

- Simples masculino:

Novak Djokovic (SRB/N.1) x Lorenzo Musetti (ITA) 6-7 (7/9), 6-7 (2/7), 6-1, 6-0, 4-0 (abandono)

Rafael Nadal (ESP/N.3) x Jannik Sinner (ITA/N.18) 7-5, 6-3, 6-0

Matteo Berrettini (ITA/N.9) x Roger Federer (SUI/N.8) (desistiu da competição por lesão)

Diego Schwartzman (ARG/N.10) x Jan-Lennard Struff (ALE) 7-6 (11/9), 6-4, 7-5

dj/iga/pm/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos