Doações de empresários chegaram a 90% dos deputados, diz estudo

Maiá Menezes
Sessão Solene na Câmara dos Deputados

RIO — Na primeira eleição em que foi vedado o financiamento privado, feito diretamente por empresas, um estudo inédito aponta que o grau de influência do setor na eleição do Legislativo nacional se mantém. Levantamento feito por pesquisadores da Open Knowledge Brasil, da ONG Dado Brasil e da Universidade Federal da Paraíba indica que 90% dos deputados federais eleitos receberam algum tipo de doação de sócios de empresas durante a campanha eleitoral de 2018.

O projeto Parlametria, criado pelas três entidades para dar visibilidade à relação do Legislativo com a sociedade, indica que o setor mais influente no financiamento dos parlamentares é o varejista. O total de doações de sócios de empresas foi R$ 115,9 milhões para deputados e senadores eleitos em 2018.

(Confira a íntegra da matéria exclusiva para assinantes)