Documentário vai abordar conflito entre Britney Spears e seu pai

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A carreira de Britney Spears e sua conturbada relação com o pai, James Spears, será tema central de um novo documentário produzido pela Netflix. Com direção de Erin Lee Carr, o projeto está em andamento há mais de um ano e foi anunciado oficialmente nesta terça-feira, dia 21. Um trailer deve ser lançado nesta quarta-feira, dia 22, mas ainda não há data definida para lançamento.

O teaser de lançamento do filme mostra uma gravação da cantora durante uma conversa com advogados em 2009. No áudio, Britney pede para conversar sobre a tutela de seu pai, que já dura 13 anos. Desde 2008, James controla a vida e os bens da princesinha do Pop.

A tutela foi estabelecida quando Britney Spears começou a apresentar problemas de saúde mental em meio ao assédio agressivo de paparazzis, e a cantora chegou a perder a custódia dos filhos. Há mais de um ano, a cantora tenta tirar o pai da tutela e se recusa a realizar apresentações enquanto ele permanece no cargo.

No mês de junho, a artista classificou a decisão judicial que permitia que sei pai continuasse no controle sobre sua vida como abusiva, idiota e constrangedora. Horas antes de se apresentar ao tribunal, Britney chegou a ligar para a polícia de Ventura, na Califórnia, onde mora, para denunciar a situação.

Pouco antes da audiência aberta de junho, fãs de Britney também levantaram a hashtag #FreeBritney nas redes sociais, antes da cantora depor pela primeira vez, em audiência aberta, contra a tutela.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos