Documentos essenciais em caso de emergência: advogada cria formulário para reunir todos

Gisele Araújo
·1 minuto de leitura

RIO — E se houver uma emergência? Você tem reunidos todos os documentos necessários para agir ou deixar que ajam em seu nome rapidamente? Foi pensando em situações assim que a advogada Luciana Gouvêa, moradora da Barra e especialista em proteção patrimonial legal, criou o Documento Prático Organizacional (DPO), que ajuda a manter, em um só lugar, todos os dados que se precisa ter à mão em caso, por exemplo, de haver um acidente ou ser preciso fazer uma viagem inesperada.

A ideia surgiu depois que ela acompanhou uma palestra na qual a oradora, Socorro Frazão, apresentou uma lista simples com documentos que julgava serem essenciais reunir em casos de imprevistos.

— A gente tem a mania de deixar tudo para depois, e, quando surge uma emergência, fica complicado resolver possíveis pendências — observa Luciana.

Para ter acesso ao DPO, deve-se encaminhar a solicitação para contato@tvnossajustica.com. No documento, é possível inserir dados como os números dos documentos pessoais, informações sobre planos de saúdes e laudos médicos, contas em bancos, contas mensais fixas e contatos de pessoas que se pode procurar em caso de emergência.

— É importante listar tudo e avisar a alguém de confiança que existe esse documento — ensina.

Em breve, o DPO estará disponível também no site da TV Nossa Justiça, nome do canal que Luciana mantém no YouTube para orientar a população sobre como proceder para levar adiante ações judiciais simples, sem precisar de advogado:

— Há muitas ações que o próprio cidadão pode fazer, mas acha que não pode ou que dão muito trabalho. Há vários documentos que podem ser obtidos pelas próprias pessoas. A ideia da TV é explicar essas possibilidades.

*Estagiária, sob supervisão de Lilian Fernandes

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)