'Doença do pombo': Mortes de dois internos da Fundação Casa em SP são investigadas

São Paulo — A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo investiga dois casos suspeitos de criptococose, popularmente conhecida como "doença do pombo", que teriam ocorrido na unidade II da Fundação Casa (antiga Fundação Estadual para o Bem Estar do Menor, a Febem) de Santo André. Um adolescente morreu no último dia 8, após ficar mais de duas semanas internado.

Outro adolescente, que apresentou os mesmos sintomas, foi internado no dia 25 de março, mas já recebeu alta hospitalar na semana passada, após apresentar melhora no quadro clínico. A equipe médica do município, no entanto, ainda aguarda os resultados dos dois exames para fechar o diagnóstico, segundo a própria Fundação Casa.

A equipe de Vigilância Epidemiológica municipal também esteve no local, mas informou não ter localizado focos de contaminação por fezes de pombos. Mesmo sem solicitar um laudo, foi recomendada a manutenção dos cuidados de higienização de ambientes, lavagem das mãos e uso de máscaras por adolescentes e servidores.

" A Vigilância permanece em contato com a Fundação para orientações quanto aos dois casos em investigação, sendo orientada a continuar mantendo a higienização do local, assim como a organização dos espaços e lavagem das mãos. A criptococose não é uma doença de notificação compulsória e o diagnóstico laboratorial é realizado através da pesquisa direta e coloração específica do fungo no exame do liquor (LCR).", afirmou a Secretaria de Saúde em nota enviada ao GLOBO.

Ainda segundo a entidade, no início do mês de abril, de forma preventiva, uma empresa terceirizada de controle de pragas e vetores realizou serviço de desinsetização, desratização e controle de pombo no centro socioeducativo.

Além da Vigilância Epidemiológica, a equipe da Gerência de Controle de Zoonoses do município também visitou o unidade Santo André II, realizando novas orientações e disponibilizando material informativo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos