Catapora: saiba como tratar a doença que contaminou a filha de Pedro Bial

(Reprodução/Instagram/@mariaprata)

A pequena Laura, filha do jornalista Pedro Bial de apenas 1 ano, recentemente apareceu nas chamadas de notícias por ter sido contaminada com a catapora: doença que comumente atinge crianças e é altamente contagiosa.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

A mãe da pequena, a também jornalista Maria Prata, veio a público falar abertamente sobre a doença como forma de alerta. Ela afirmou nas redes sociais que sua filha pegou catapora, mas que teve os sintomas abrandados por conta da vacina, que é um dos principais meios de prevenção.

Leia também

“Laura pegou catapora. Está bem branda, porque ela tomou vacina, então não coça e não deu febre. Mas ela pegou porque o vírus está aí, de volta, soltinho, assim como o do sarampo, que está matando bebês, e de tantas outras doenças ainda mais sérias que estão voltando junto à onda de pais que decidem por não vacinar seus filhos", desabafou a jornalista, no seu perfil no Instagram.

Altamente contagiosa

A varicela, popularmente chamada de catapora, é provocada pelo vírus varicela-zoster. A doença causa pequenas bolhas espalhadas pelo corpo, irritação e coceira, além de febre, dor de cabeça e falta de apetite. 

Apesar de ser extremamente contagiosa e perigosa, a doença também é facilmente tratável. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), 90% dos adultos são imunes, porque basta ter sido contaminado uma vez para desenvolver anticorpos que impedem que os sintomas se manifestem novamente.

O vírus, no entanto, permanece incubado no corpo por toda a vida, podendo eventualmente se manifestar na forma de Herpes-Zoster.

Como é transmitida

A maior incidência da doença se dá no inverno e na primavera. O contágio acontece por contato direto com o líquido da bolha formada pela catapora, por meio de secreções respiratórias como tosse, espirro, saliva, e também por contato com objetos contaminados pelo vírus (geralmente objetos que tiveram contato com secreções dos machucados de pessoas já contaminadas).

Nos pequenos, cuidado deve ser redobrado

Por ter o organismo mais sensível e pouco imune, as crianças facilmente contraem a doença na primeira infância. Dessa forma, os pais devem estar atentos: a catapora deixa o corpo debilitado e pode levar a complicações como pneumonia, encefalite e infecções bacterianas na pele e ouvidos.

A encefalite é uma inflamação aguda que leva à inflamação do cérebro e que, se não for tratada adequadamente, pode ser fatal. Afeta bebês, crianças e adultos com o sistema imunológico comprometido.

Adultos devem se precaver

Diferentemente do que muitos podem imaginar, nos adultos a doença aparece de forma ainda mais grave, com febre mais elevada e persistente - apesar de ser mais rara (apenas 3% dos casos são em adultos).